Não quero ser interrompido pela propaganda

on

Marcas que interrompem o consumo da informação de interesse do consumidor estão com os dias contados.

Programas de televisão estão excluindo os espaços separados para publicidade, e inserindo-os dentro do contexto de seus programas. Já existem programas na televisão aberta, que com uma transmissão direta e sem interrupções, faz suas chamadas de patrocinadores dentro dos quadros, evitando que sua audiência disperse na famosa parada dos comerciais. Quando esta estratégia ainda é associar o momento do programa, com o patrocinador (por exemplo uma marca de shampoo em um programa/quadro de beleza), mais um ponto a favor. Inserindo um produto de interesse do público que está assistindo a programação, fazendo com que ele receba a mensagem da marca dentro do assunto em questão é algo que faz muito sentido e cria uma ligação da marca com o conteúdo.

Conteúdo vinculado a Marca é o segredo do sucesso. Isto é segmentar por interesse e não por perfil. A segmentação por perfil é algo ultrapassado, pessoas entre 13 e 18 anos, por exemplo, tem preferências muito diferentes, mas entre 13 e 18 anos que gostam de um determinado “produto” em comum, possuem uma característica que pode ser explorada. Devem ser segmentadas por seu comportamento e  não por seu perfil. É fundamental compreender isto para poder inserir uma marca no contexto de consumo do público, e não mais como um comercial perdido no meio de um simples espaço publicitário padrão.

As marcas nas mídias digitais levam vantagens com relação a este caminho de encontro com o interesse do público. A interatividade e possibilidade de personalização da campanha dentro do interesse da busca do consumidor é algo fantástico, e ainda pouco explorado. Poder posicionar uma marca, ao lado de um conteúdo específico que o público procura e consome é algo muito simples de ser feito. Quando, por exemplo, uma consumidora busca por informações sobre cabelos, e uma marca de shampoo consegue posicionar-se em um local de boa visibilidade, atraindo o consumidor com uma publicidade criativa e interessante, ela cria a conexão entre consumidor e produto ideal.

As possibilidades são infinitas, dependem somente da capacidade criativa e da estratégia digital para conexão com o momento do consumo de seu público, e quando me refiro a momento de consumo, não necessariamente é de produto, pode ser somente de informação. Na nossa atual sociedade, viciada em consumo de informação, poder participar deste momento é uma grande oportunidade para as marcas.

Por favor marcas, não me interrompam, se querem um espaço em minha mente, ocupem ele enquanto estou consumindo algo do meu interesse.

@Cappra

1 comentário Adicione o seu

Colabore! Deixe seu comentário aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s