Engajamento: É possível medir?

on

Na semana passada, durante uma aula do curso Neomthfckr (Comunicação Contemporânea) da Perestroika, tivemos um interessante debate sobre o tema Engajamento. Este debate iniciou baseando-se em uma afirmação que o Fã de uma página do Facebook, pode não estar engajado com uma marca, já que pode ter sido atraído por uma promoção ou campanha específica, por outro lado, ao receber informações e acompanhar todo o conteúdo dessa marca as pessoas que simplesmente “curtiram”, de alguma forma passam a estar envolvidos com a marca, e mais tendenciosos a se relacionarem com ela.

Obviamente que trata-se de um tema muito amplo, novo e que permite análise de diferentes pontos de vista, mas fui pesquisar mais informações sobre o tema com o objetivo de aprendizagem e exploração do assunto. O que encontrei foram diferentes fórmulas, de diferentes empresas de pesquisas, que de acordo com algum critério próprio determinam as variáveis que farão parte do seu estudo, fazendo com que o mesmo tipo de pesquisa tenha resultados distintos. Obviamente que isto elimina qualquer possibilidade de chegar a uma conclusão definitiva sobre o assunto, já que depende exclusivamente da fórmula adotada para determinar o nível de Engajamento do fã.

Para dar um exemplo do que estou explicando, a SocialBakers publicou uma pesquisa sobre o engajamento de marcas de diferentes segmentos no Facebook, e de forma muito transparente publicou a fórmula que utilizou para chegar aos resultados, trazendo assim credibilidade para sua análise. Eles colocam lado a lado duas fórmulas que permitem comparar o nível de engajamento relacionando com o número de fãs da página, ou simplesmente a interação das pessoas com a marca, evitando assim dúvidas sobre a veracidade dos resultados, obviamente que esta fórmula aplica-se exclusivamente as marcas que estão presentes no Facebook, o que certamente limita a análise, mas como está muito claro o propósito da pesquisa ela torna-se confiável.

As fórmulas são as seguintes:

Para entender que tipo de resultados geram quando aplicadas por segmentos, veja o gráfico abaixo:

A pesquisa completa da Socialbakers encontra-se aqui.

O interessante é que esse tipo de pesquisa permite o seguinte tipo de interpretação, conforme publicou a Exame.com: Coca-Cola tem milhões de fãs, mas engaja menos que marca comm 15 mil.

É importante ressaltar que o debate gerado na Perestroika não tem como objetivo simplesmente da fórmula para analisar o nível de interatividade, e sim que Engajamento tem muito mais relação com o amor pela marca do que propriamente pelo nível de interação com ela nas redes sociais, ou seja, estamos falando do Engajamento Romântico”, aquele que a métrica não pode atingir, ele é emocional e não simplesmente racional.

Este post, por motivos óbvios, não merece uma simples conclusão sobre o assunto, ele é apenas o início de uma observação/estudo que resolvi publicar com o objetivo de continuar o debate sobre o assunto, então Keep Walking😉

2 comentários Adicione o seu

  1. gosmirc disse:

    Republicou isso em Vinícius Moreirae comentado:
    Engajamento no Facebook por Ricardo Cappra

Colabore! Deixe seu comentário aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s