A Morte do Twitter. Só que Não.

Não. O Twitter não vai morrer. Nem fechar.

Sim. Ter menos usuários ativos e as outras redes sociais crescerem é bom.

Isso chama-se Seleção Natural. A ferramenta, finalmente, começa a ser usada para o que foi criada.

Nos EUA, onde foi criada, é utilizada por um grupo de especialistas de forte influência para disseminação e troca da “primeira informação”, instantaneamente. No Brasil, finalmente, a ferramenta começa a assumir esse papel.

Twitter não serve para Relacionamento, ele serve para Informação. Se algum relacionamento iniciar por causa de uma determinada informação, ou interesse pela mesma, é uma consequência, mas não é essa sua característica principal. Quer mais relacionamento pessoal vá para o Facebook.

Twitter não serve para Networking, ele serve para Informação. Se conhecer alguém interessante, ou com um trabalho legal que o interesse, ótimo, leve-o para o Linkedin e converse sobre negócios. Não é porque você segue o conteúdo interessante de alguém no Twitter que precise, ou a outra pessoa queira, se relacionar profissionalmente.

Twitter não serve para Entretenimento, ele serve para Informação. Quer postar uma foto de um dia de sol para as pessoas compartilharem?! Legal, use o Instagram. Ele é fácil, “movido” por imagens e facilita muito o compartilhamento para as redes sociais. O mesmo aplica-se a vídeos do Youtube.

Como os usuários brasileiros estão “amadurecendo” na internet, obviamente estão migrando para outras redes sociais, para atender suas expectativas de relacionamento, networking e entretenimento. Isso é ótimo para o Twitter, afinal, número de usuários nunca significou qualidade. O lugar para ter a primeira informação, instantânea e sem “frescuras” visuais para atrair audiência é o Twitter, mas para se tornar POPular precisa ganhar cara/jeito de entretenimento.

Formadores de opinião, transformadores de conteúdo e disseminadores de informação continuarão usando o Twitter. Ele é rápido, prático e vai direto ao ponto. Tem somente 140 caracteres para informar. Exige que a pessoa pense em como passar uma informação importante em poucas palavras, para informar algo que está acontecendo. Obviamente que quem usava o twitter para avisar que estava tomando café, ele realmente perdeu o sentido, ninguém vai  “retwittar” o fato de você tomar café; talvez até possam “curtir”, afinal, pode ser uma forma de relacionamento, mas não é uma Informação relevante.

Finalmente o Twitter começa a ser compreendido como Serviço de Informação, instantâneo e prático. Naturalmente excludente para quem não interessa-se pela informação de um determinado formador de opinião, os seguidores ativos diminuirão, ficando apenas os interessados no conteúdo. Um canal de Informação sempre terá menor audiência do que um de Entretenimento (pelo menos no Brasil), é assim em todos os outros tipos de mídia também.

Que bom ver esse amadurecimento das pessoas no mundo digital. É necessário e saudável.

Esse texto apenas reflete minha opinião e visão sobre o Twitter. Obviamente que ele precisa ser economicamente auto-sustentável, se ele não der lucro para os acionistas, será comprado por um player global de internet, mas dificilmente será extinto ou terá suas características fundamentais modificadas. A empresa Twitter parece estar se profissionalizando, como pode ser lido nesse recente artigo na BusinessWeek. Mas precisam surgir competidores, talvez com um serviço ainda melhor, mas que venha para suprir essa necessidade fundamental de: Serviço de Informação, simples e direto

Colabore! Deixe seu comentário aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s