O preço do seu Like

on

Você já conferiu as páginas que escolheu seguir (com a ação do Curtir) no Facebook? Se fizer isso terá uma grande surpresa. Existe uma grande possibilidade algumas páginas que você tenha escolhido não estarem mais lá. E pior, no lugar delas, existirem outras que você nunca ouviu falar, e talvez nunca optaria por acompanhar.

Isso acontece porque o Facebook possui um recurso de consolidação de perfis para ser utilizado por empresas que passem por fusões. Quando isso ocorre, o “Like” que você deu será automaticamente repassado para a página que processou a consolidação. Esse processo ocorre sem que você seja informado por ninguém, ele é automático. É muito semelhante ao conceito de venda de listas de e-mails, sendo que nesse caso é o seu perfil social inteiro que fica a disposição do mantenedor da página.

O Facebook poderia não permitir esse recurso. Poderia avisar quando houvesse algum processo de consolidação. Mas para a ferramenta, não importa se você curte a página A ou a página B.

A Página responsável pela migração poderia não importar os Likes. Ela poderia também informar as pessoas que está adquirindo o perfil de uma outra página que você segue. Mas para o investidor, é natural compreender que se comprou a empresa, trouxe seus clientes, marca e fãs junto.

Você, fica vendido no meio dessa história. Curte uma página que nem sabe quem é. E o mais incrível é que alguém pagou um preço pelo seu Like. Sim, individualmente seu Like custou algo, já que um dos objetivos da marca compradora obviamente era aumentar sua base de fãs.

Minhas sugestão para essa constrangedora situação para todos envolvidos é que o Facebook coloque um campo adicional para informarmos o preço do nosso Like, você informa quanto vale cada Like, quando uma empresa vender ele, você simplesmente recebe o valor informado. Assim, ajudou a aumentar o valor de uma marca que você gostava e ainda sai no lucro. 

Obviamente que isso é uma ironia, nosso “gostar” não tem preço. Mas esse é o Comércio que estamos vendo em ação, e ao pensarmos que isso ocorre somente com marcas que não estão preocupadas com sua reputação, ou sem um história séria, a última a fazer isso foi a Oracle.

A Oracle comprou a Involver e a Virtrue e juntou as páginas conforme anunciaram nesse post publicado na nova página chamada de Oracle Social (que nessa última atualização estava com 1.018.523 fãs):

Fiz uma enquete rápida com amigos em comum que apareciam Curtindo a página, obviamente que todos ficaram surpresos e nenhum havia curtido a Oracle Social. Todos foram vendidos, e até onde me contaram, não receberam nenhum valor pelo Like deles😛

Quem primeiro viu tudo isso: http://dannybrown.me/2012/11/10/the-mysterious-case-of-oracle-social-and-facebook-likes/

Onde a Oracle informou sobre a aquisição: https://www.facebook.com/OracleSocial/posts/487561904598591

Quem ajudou a matar a charada: Solon Brochado e Jose Borbolla Neto

Colabore! Deixe seu comentário aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s