A rede social que mudou o mundo

on

redes sociais-Egito

A Discovery Brasil exibiu um documentário nesse domingo (10/3/13) muito interessante, sobre a construção de um movimento através das redes sociais. O movimento em questão foi o protesto que reuniu 40.000 pessoas no Egito e reivindicou o mandato de Mubarack naquele país. O documentário analisou a forma como o movimento foi construído, baseado na utilização de influenciadores em redes sociais que disseminaram a mensagem de mudança utilizando-se de meios on-line e off-line. A criação de eventos no Facebook para reunir pessoas não ganhava a força que precisavam para mudança do regime de Mubarak, poucas pessoas se engajavam ao movimento e espalhavam através das redes sociais on-line e tudo parecia se encaminhar para um movimento sem força o suficiente para causar algum tipo de mudança. Foi então que analisaram o real problema deles, que não era propagar a mensagem para uma rede aberta, e sim que a mensagem precisava chegar em grupos com capacidade para persuadir a população que um movimento revolucionário estava prestes a acontecer, independente das pessoas aderirem a ele ou não. Foi então que adotaram como estratégia de disseminação da mensagem os Taxistas da capital do Egito. Entenderam que esse grupo de pessoas tinha uma capacidade muito grande de espalhar que esse movimento estava prestes a acontecer, e de forma indireta contar a história e explicar a causa de uma forma mais adequada. Mas se contassem diretamente para os motoristas de táxi que estavam planejando um movimento, poderiam receber um alto nível de rejeição de sua ideia, além de ter que ficar tentando convencer que a causa era válida, então adotaram uma forma nada convencional de passar essa mensagem. Fingiam falar ao telefone sobre o movimento que iria acontecer, explicando os motivos e contando de forma empolgada o tamanho que teria aquele movimento revolucionário. Dessa forma a mensagem disseminou-se de forma muito rápida, taxistas contaram para outros taxistas, que contavam para seus passageiros, que procuravam referências sobre o movimento na internet. O resultado disso foi um movimento ativista organizado com mais de 40.000 pessoas que encontraram-se em uma praça na capital do Egito para protestar contra um modelo de governo autoritário e rígido. Essa rede social iniciada por 4 pessoas com objetivos em comum de mudança derrubou o presidente Mubarak do governo no Egito.

Uma rede social estruturada pode ter suas mensagens disseminadas com velocidade e força suficiente para gerar grandes mudanças no mundo, e isso não tem nada haver com a rápida evolução do mundo digital, e sim com o fato de entender a forma de funcionamento dela para fazer com que os agentes influenciadores transmitam a mensagem para seus próprios grupos, gerando um movimento viral de comunicação. Uma rede social não é on-line, ela é off-line, as ferramentas digitais são apenas facilitadores desse processo.

*Mais sobre a revolução egípcia de 2011

5 comentários Adicione o seu

  1. Excelente Cappra. Vou procurar o documentário para assistir. Devemos aprender com isso, usar influênciadores e pessoas em potencial para disseminar uma mensagem também no “offline”.

  2. Eu assisti e acho por exemplo, que deveria até ser distribuído na rede pública de ensino. Quem sabe teríamos uma chance de mudar as coisas por aqui também. Muito bom o documentário. Recomendadíssimo.

  3. Lívia Lemos disse:

    Não consegui encontrar o documentário na internet. Torço para uma reprise logo.

  4. daniel disse:

    faz tempo que estou procurando esse documentário e não consigo encontrar. Se alguém gravou ou sabe onde comprar me avise…obrigado

Colabore! Deixe seu comentário aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s