A Anatomia do Fã

on

O Fã no universo digital ganhou status de Consumidor Engajado, ou seja, a pessoa que tem uma relação com a marca e que segue todos seus passos. É aquele sujeito que além de acompanhar o conteúdo que a marca comunica ainda pode tornar-se um canal de disseminação das mensagens que ela transmite, um canal de marketing vivo e engajado.

Com essa valorização do Fã, alguns debates começam a virar rotina entre profissionais da área, sendo que dois questionamentos sempre são feitos:
1) Como faço para conquistar esse Fã?
2) Qual o valor desse Fã?

Esse post quer ajudar a responder a questão número 1. Já expliquei aqui no blog qual o conteúdo engaja , como o EdgeRank entende isso e como pode ser otimizado, então agora podemos entender formas de conquistar Fãs e consequentemente seus diferentes níveis de engajamento, por isso esse post chama Anatomia do Fã, é hora de entender como esse “sistema” funciona.

A empresa MoonToast construiu um infográfico detalhando esse processo (que está no final desse post), mas acho interessante reforçar alguns pontos bem bacanas:

A forma de conquista do Fã está diretamente relacionada com o nível de engajamento do mesmo, isto pode ser dividido em três níveis:
1) Light Engagement (Like on Brand Site)
2) Moderate Engagement (Like on Facebook Fan Page)
3) Heavy Engagement (Facebook Connect and Facebook Apps)

– Essa representação gráfica dos tipos de Fãs (abaixo) é algo muito bacana porque explica como o nível maior de relação com a marca gera uma diferente classificação dele, e consequentemente  deveria receber um nível de atenção diferente e até um tipo de relacionamento para cada nível:

fan-engagement-spectrum

– O processo de conquista de Fãs (abaixo) ajuda também a entender que na hora de estruturar uma estratégia digital, levar em conta um método pode resolver muitos dos problemas tradicionais das agências que não conseguem responder porque uma determinada ação funcionou ou não:

process-fan

– Entendendo isso, perceber que o esforço para engajar mais está diretamente relacionado a estratégia adotada e até ao nível de investimento necessário consegue ser bem observado nesse quadro abaixo:

ativacao-edgerank

Enfim, a marca que busca um Fã através do universo digital precisa entender todo esse processo para direcionar seus esforços no que realmente é importante pra ela, podendo focar no tipo de “troca” que espera ter com esse fã, obviamente que quanto mais intensa for a relação, mais complexa será a ativação. Espero que esse infográfico ajude no dia-a-dia aqueles que precisam construir e justificar estratégias digitais para conquista de Fãs reais e engajados para a marca, ter um Fã superficial pode ser uma opção da marca, mas ela não conseguirá nada além de relações superficiais com esse Fã.

Moontoast-Anatomy-of-a-Fan

Colabore! Deixe seu comentário aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s